segunda-feira, 11 de maio de 2009

Do amor

por Carol Medeiros - 11.05.09



Tem gente que diz que quer amor, mas quer garantias. Eu, não.

Tem quem diga que quer amor, mas quer romance, quer posse, quer controle. Eu, não.

Eu podia dizer que quero ficar com você para sempre, mas acho que querer é pouco. Prefiro dizer que quero te conquistar e reconquistar quantas vezes forem necessárias ao longo de toda a minha vida.

Podia dizer que, ao seu lado, tenho os dias mais felizes da minha vida. Mas não é que eu só tenha tido alegrias. É que simplesmente não consigo me lembrar das tristezas.

Não espero, nem quero, nem mesmo desejo que tenhamos apenas momentos maravilhosos. Vida cor-de-rosa não é para humanos, tampouco para homens e mulheres. Desejo, sim, que tenhamos vida normal, com altos e baixos, com desencontros que são inerentes à vida. E que, ainda assim, a gente sempre consiga seguir juntos.
Não desejo que você não olhe nunca pro lado, mas que sempre se vire de volta e queira ficar só comigo.

Não sonho com o dia em que não ficaremos nem um minuto longe um do outro, mas quero contar as horas pra voltar pra casa e te abraçar com todo o amor que houver nessa vida.

Não torço pra que as coisas não mudem nunca, mas sim pra que saibamos nos adaptar às mudanças, às novidades, ao mundo. E um ao outro.

Não espero não brigar nunca, mas urge que façamos as pazes antes de dormir, pra não haver pesadelos durante o sono nem fora dele.

Não quero que não haja questionamentos, nem ausência de dúvidas, pois seria irreal. E eu quero realidade! Planos pro futuro, dinheiro no bolso para concretizá-los, pés no chão. Mas o coração... este sim, pode deixar nas nuvens.

Não duvido que a gente nunca se magoe, mas que jamais seja proposital, e que, acontecendo, nunca tenha tamanha profundidade que um abraço forte não faça tudo passar.

Não acredito que não haverá monotonia nem dias chatos, e não penso que a rotina nunca vai bater à nossa porta. Só quero ficar com você mesmo quando for chato, quando houver monotonia, quando a rotina vier nos visitar.

Quero viajar com você pelo mundo, mas me importa saber de onde você vem e te mostrar o que me fez ser como eu sou.

Não quero que o mundo se resuma a nós, mas espero que a gente se baste, estando a sós ou na multidão que nada preenche.

Não quero confrontar seus hábitos, quero que os compartilhe comigo para que eu me acostume com eles e te apóie.

Não desejo apenas risos ao teu lado, quero teu colo pra chorar. E quero saber que, ao olhar nos seus olhos, terei certeza de que pra tudo nessa vida dá-se um jeito mesmo.

Quero que nós dois tenhamos sempre milhões de alternativas na vida, pois é disso que ela é feita - de escolhas.

Mas que, ao fim de cada uma delas, a gente sempre queira escolher um ao outro.

17 comentários:

Monique Peres disse...

Foi o texto mais lindo que eu já li em toda a minha vidaaaa!!!!
É exatamente o que eu penso e o que eu desejo de um amor!!!!
Parabéns por conseguir expressar em palavras esse sentimento!
Bjs, Monique

Flavinha disse...

Maravilhoso esse texto! A cada dia vc se supera, hein?!
Beijão

Priscilla disse...

Carol,quando estamos em sintonia , tudo fica mais fácil de ser expressado.
Fico muito orgulhosa de acompanhar seu trabalho e ver que a cada dia seus textos ficam deliciosos de ler....
Meus Parabéns!!!!
Vc deu um show nesse texto!
Bjs Pri Palladino

Eliana Raposo disse...

Carol,

Tenho sempre acompanhado seus textos e estão cada vez melhores, com humor e astral, além de suscitarem sempre questões muito interessantes.
Beijão! Boa sorte!

Rubens Cellini disse...

Oi Carol !!!!

Dei uma viajada pelo seu site ! Está super interessante. Estou com saudades...

Bjs

Rubens

Amanda Mussi disse...

Oi lindinha!

Saudades, amei o texto. Vc está cada vez melhor.

Parabéns, mil beijos, Amanda

Luciana Morgado disse...

Sensacional!!! Estou sem palavras!!

Fico impressionada com o seu talento!!

É um orgulho ser sua amiga, sabia?

Bjs

Raphael Wider disse...

Carol,

li hoje o seu mais novo texto.... e vários dos ultimos! Confesso que há muito tempo não os lia com a devida atenção. Hoje cheguei mais cedo ao escritório e achei o tema interessante... fiquei com aquele "gositnho de quero mais" e foi lendo retroativamente um por um... parei antes de ingressar no outro mes apenas porque minha obrigações laborais me impendem de continuar.

Só tenho uma coisa pra te dizer: PARABENS! Gostei muito mesmo da sua escrita e, mais que tudo, da forma como alguns dos escritos me caíram como uma luva!

Vou virar um dos seguidores do Vinho com Batata, pode deixar! Beijão!

Raphael Leta disse...

texto lindo, escritora linda.
continue assim!
parabéns!

obs.: qdo vai sair o livro??? rsrs
bjs
Raphael Leta

Nathalia disse...

No words!!! Lindo!
é muito amor neste coraçao!!!
Parebens!
bjo Nath

Priscila D' Von disse...

Olá tudo bem?

Vim conhecer o seu blog e te convidar pra conhecer o meu: www.bazardvon.blogspot.com

Estou com boots novas no blog, e tenho pecas de fabricacao própria no blog: www.dvonstore.blogspot.com

Se puder fazer uma visita...
Bjao.

Marcella Amum disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcella Amum disse...

Amiga

Você esta sempre se superando...
mas dessa vez foi longe...
parece q li um texto de Clarice Lispector!
Ja estou até vendo pessoas postando esse texto e colocanco entre parenteses (Carol Medeiros)
como uma amiga super fã vou ser uma.
Ameiiiii
Você esta de parabéns!!! É muito amor!!!
bjus e sucesso

Elô disse...

Fiquei pensando....quando vou poder escrever isso (no caso, te plagiar, hehehe) para alguém?? Lindo, infinitamente lindo. Parabéns

Pat - VLDC disse...

Minha VMDP!!! AMEI esse texto...tão romantico, mas sem clichês...tão bonito, e sem grandes metáforas...tão sincero e nem por isso racional...
Tão realista, como o verdadeiro amor deve ser!

Parabéns amiga!!!

Bjs

Pat

Anônimo disse...

Carol, a cada texto uma surpresa...ADOREI esse assim como os outros. Um texto supera o outro incrivellllll....

Parabéns!!! Beijos da Palominha.

Paola disse...

Única, leio sempre seus textos...e por vzs nem externo minha opinao por aqui...
mas serei mais uma vez babonaaa em dizer VC É MINHA AUTORA PREFERIDA.. uma leitura leve, descontraida e mto bem empregada na vida de cada um ...
como é bom te ter em minha vida!
te amuuu
bjsss,